domingo, 12 de dezembro de 2010

Artesanato com discos de vinil


Disco de vinil é coisa do passado??? De jeito nenhum!!!

O segredo é:
Transformar algo velho, em novo.
Objeto velho, utilidade nova.

Há muito se sabe que os primeiros objetos feitos pelo homem eram artesanais.
O que a princípio possa nos parecer uma invenção contemporânea, na verdade, são trabalhos realizados através de técnicas antigas e resgatadas, herdadas e ronovadas através dos tempos.

É possível transformar um disco de vinil em objetos de decoração e utilitários como: relógio de parede, quadros, vasos, fruteiras, bandejas, tigelas, porta canetas entre outros. As peças podem ficar ao natural, pintadas ou até mesmo decoupadas.


Para moldar o vinil é preciso colocar no forno do fogão (não utilize micro-ondas) a 180º mais ou menos. Acenda a luz e fique observando, pois, a transformação é muito rápida. Coloque na sequência - um refratário redondo, o disco e um peso que pode ser outro refratário menor ou quantos forem necessários para que o fundo do disco ceda com o calor. Se isso não acontecer, o peso não foi suficiente ou o refratário de baixo é menor do que deveria ser.



Talvez seja necessário moldá-lo, mas isso deve ser feito com uma certa agilidade, pois, o vinil esfria rapidamente. Se isso acontecer, deve-se repetir o processo levando-o novamente ao forno.
Geralmente o disco não cede de forma uniforme, nesse caso retire o peso e arrume-o dentro do recipiente como na foto abaixo.



Se preferir, poderá colocar o recipiente tido como base dentro de uma forma retangular para facilitar a retirada. Faça isso com uma luva de cozinha para não se queimar.



Aqui o disco é colocado em cima de um vidro que suporte o calor do forno, com isso as bordas cairão sobre ele. Pode ser utilizado no lugar do vidro, fôrmas de alumínio de diversos tamanhos ou latas. Quando você tiver percebido que as bordas do disco cairam, retire do forno e coloque dentro de um recipiente e molde-o ou faça com as mãos, (assim é mais difícil porque você não tem tempo suficiente para moldar todas as curvinhas). De repente me ocorreu a idéia de utilizar aqueles vasinhos de alumínio (sem tinta) para servir de molde. Uma outra idéia é usar uma forma quadrada, bem centralizada, assim as bordas cairiam lateralmente e você teria uma bandeja. Eu, passaria uma tinta e aplicaria uma decoupage no fundo. Tô até vendo. Acabei de ter outra idéia, que tal um cachepô? Ou um sousplat?






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário